Arquivo da tag: pølsevogn

Comidas típicas da Dinamarca

O feijão-com-arroz dos dinamarqueses é o smørrebrød – um prato frio que consiste basicamente em sanduíches abertos cobertos com peixe, carnes frias, queijos, ovos, salmão defumado, camarão, peixe, hortaliças, ovos, patês (especialmente de fígado) ou diversos tipos de saladas sobre um pão escuro denominado rugbrød. Acompanhados de cerveja eles estão no menu de almoço da maioria dos dinamarqueses.

smorrebrod1

Sua origem vem da classe trabalhadora que costumava levar o rugbrød com queijo ou salsicha para o trabalho. A popularização se deu por volta do século XIX, quando começaram a surgir restaurantes especializados. Quando visitei a casa dos meus sogros pela primeira vez e me deparei com esse tipo de comida achei que era um café da manhã servido às 11. Felizmente não comentei nada, já pensaram que mico seria falar que o café da manhã estava uma delícia :-)!

Um dos peixes mais apreciados por aqui, especialmente sobre o smørrebrød, é o arenque (sild), encontrado na variante defumada ou temperada. Gosto muito da versão ao molho curry, é o que como quando estou sozinha em casa e indisposta para cozinhar. Além de muito gostoso, ele é fonte de vitamina D e combinado o rugbrød dá uma sensação de saciedade que se prolonga pela tarde toda.

Outro prato típico é o frikadeller, que nada mais é do que bolinhas feitas de carne ou de peixe temperados com ervas. Elas são servidas no jantar com batatas, salada, molho, pão e vinho para acompanhar.

Para um lanche rápido vai en pølse (uma salsicha), o cachorro quente à la dinamarquesa. Pode ser servido em dois tipos de pão e uma salsicha enorme, com ou sem bacon ao seu redor. A cobertura pode ser de maionese, catchup, molho de alho ou picante. Eles são vendidos em trailers chamados de pølsevogn (vagão da salsicha). Existem inúmeros deles espalhados por aqui.

Uma outra coisa que é bem apreciada pelos nativos é um tipo de balinha chamada lakrids (alcaçuz), feito com a raiz da planta de mesmo nome. Dei uma pesquisa e vi que ela é comercializada no Brasil como Liquorice, denominação em inglês, pela marca suíça Halter. Eu detesto essa bala, a mais tradicional é de um amargo meio adocicado de gosto estranho, difícil de classificar.

No mais, os dinamarqueses também costumam comer muito salmão, carnes (especialmente de porco), usam pouco sal e açúcar em tudo e são abertos para pratos da gastronomia italiana, mexicana, tailandesa, chinesa, indiana, francesa, turca… sendo muito fácil encontrar uma diversidade de frutas e ingredientes característicos de diferentes culturas.

Para ler sobre as comidas típicas natalinas aqui.

Anúncios

46 Comentários

Arquivado em Sobre a Dinamarca