Um país quase perfeito

Na Dinamarca o que é de utilização pública funciona de forma exemplar. Aqui o cidadão se sente respeitado até na hora de usar os transportes coletivos. Os trens, além de serem confortáveis e espaçosos, têm vagões próprios para usuários com bicicleta ou carrinho de bebê, alguns são equipados com tvs e os de longos tragetos têm Internet. Os ônibus são bastante previsíveis, as paradas contam com informações de horários, ruas pelas quais passam e 23 deles (em Copenhage) têm Internet Wi-Fi gratuita. O metrô é um show a parte, como não tem maquinista, seu funcionamento é totalmente controlado por computador. Em nenhum desses transportes existem catracas controlando a entrada dos passageiros, mas mesmo assim todos pagam pelo serviço, os tickets podem ser comprados até via sms. As estações têm elevadores ou escadas rolantes para facilitar o acesso de pessoas deficientes ou com carrinhos e bicicletas. 

Trem urbano

Trem urbano

No vidro do metrô foi colocado um adesivo que simula um jogo de computador, porque as crianças adoram sentar na frente e brincar de dirigir.

Adesivo colocado no vidro frontal do metrô simulando um jogo de computador!

 

 

 

 

 

 

 

Aqui informação é o que não falta! Diversos jornais são distribuídos gratuitamente nas estações, outros são entregues em casa. Revistas gratuitas também estão disponíveis em toda parte. Catálogos com a programação cultural e educacional chegam nas casas a cada seis meses. Os museus oferecem exercícios e passatempos, correspondentes aos assuntos de suas exposições, para as crianças e adolescentes que os visitam. Existem sites que informam como chegar nos locais, que linhas e tipos de transporte utilizar, mapas, duração e valor do percurso. 

Jornais disponíveis nas estações.

Jornais disponíveis nas estações.

Cada bairro tem uma biblioteca que conta, entre outros, com um acervo de jornais, revistas (inclusive de moda), cds, dvds e jogos eletrônicos. A reserva é feita pela Internet e pode-se optar por retirar o material na biblioteca de origem ou solicitar que ele seja enviado para uma mais próxima de casa. Tanto empréstimo como devolução são feitos pelo próprio usuário em máquinas específicas para isso. As bibliotecas de grande porte disponibilizam mesas e salas de estudo, que podem ser reservadas por períodos de 6 meses para alunos de PhD e 2 meses para os demais. A Diamante Negro conta com um estúdio fotográfico e qualquer cidadão pode sugerir títulos a serem comprados.

Biblioteca real Diamante Negro

Biblioteca real Diamante Negro

sala de estudo

Sala de estudo destinada a estudantes de PhD.

 

 

 

 

 

 

Biblioteca Real

Panorâmica da Diamante Negro

Os carros obedecem aos sinais de trânsito a qualquer hora do dia ou da noite e o pedestre que é flagrado desrespeitando a sinalização também leva multa. As máquinas que controlam a zona azul e os caixas eletrônicos funcionam 24 horas, em calçadas, e não são assaltados. A violência aqui é quase inexistente.

As crianças recebem ajuda do governo desde que nascem até completarem 18 anos, são cerca de 1.400 reais a cada 3 meses. As instituições educacionais são gratuitas, mesmo assim estudantes de cursos profissionalizantes e universitários recebem por volta de 1700 reais por mês, para poderem se manter enquanto estudam. Por isso muita gente, mesmo depois de uma certa idade, pára de trabalhar por um tempo para poder se reciclar. 

O sistema de saúde também é gratuito. A licença maternidade é de um ano, podendo ser dividida entre o pai e a mãe, e ainda é possível emendá-la as férias que, para qualquer trabalhador, são de 6 semanas.

Quem não tem trabalho recebe uma quantia mensal e conta com a ajuda de Job Centers para conseguir um novo emprego. Para os idosos que não querem morar em asilos (também gratuitos) e não têm condições físicas de cuidarem de si próprios, o governo contrata pessoas para ajudá-los nos afazeres domésticos, a tomar banho, empresas especializadas lhes trazem refeições e o Estado ainda ajuda com o aluguel, caso eles não tenham condições de pagá-lo. 

Mas, como nada é perfeito, a Dinamarca também tem seus pontos negativos. O inverno é intenso; o metro quadrado de casas e apartamentos é vendido a peso de ouro, por isso a maioria dos imóveis são muito pequenos; embora os salários sejam altíssimos, o custo de vida e a cobrança de imposto também o são. Não é a toa que a capital do país, Copenhage, sempre é citada entre as dez cidades mais caras do mundo.

O grande diferencial da Dinamarca, comparando-a a outros países da Europa, é que eles dão um verdadeiro exemplo de ecologia, mas esse assunto ficará para um outro post.

Links relacionados:

Site das 3 principais bibliotecas do país

Informações sobre transportes

Mapas

Artigo sobre as bibliotecas nórdicas

 

 

Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Sobre a Dinamarca

10 Respostas para “Um país quase perfeito

  1. Rosangela

    Muito legal conhecer um pouco mais da Dinamarca, Verônica. Adorei o post e as infos. A gente vê muito pouca reportagem sobre os países nórdicos na tv. Sempre tive curiosidade sobre a Noruega, porque de lá vem uma banda musical que adoro. Oslo fica perto de vocês?

    Gostei muito do blog, do template e do título. Bastante cotidiano mesmo.

    Bjo!

    • Realmente não lembro de ter visto muita coisa sobre esses países na mídia brasileira. Oslo fica relativamente perto de Copenhagen, são cerca de 480 km de carro e 1 hora de avião. Em relação à banda, imagino que esteja falando do A-Ha, eu era super fã deles. A propósito, eles estão de volta.

      Que bom que você gostou do blog! Obrigada pelos comentários.

      Bjs

  2. Veronica

    Olá querida,

    Adorei seu blog viu. Realmente fiquei encantada com tudo que você fala daí. Realmente pra nós que estamos aqui e nunca tivemos contato com esse mundo, fica até difícil de imaginar que isso exista, acostumados com as desigualdades que aqui existem e outras cositas más…. Bom, mas como você mesma disse, nada é perfeito, mesmo com tanta coisa boa ai, os laços que me prendem aqui são muito fortes e mesmo com tudo isso, ainda prefiro viver aqui. Beijos… Saudades.

  3. Olá Verônica,

    Parabéns pelo blog. A Dinamarca realmente é uma maravilha. Espero que a cabeça das pessoas siga a evolução da tecnologia. Aqui, quando cheguei, fiquei encantada com a quantidade de variados transportes em disposição do público, mas… com o tempo, a gente se decepciona é com a forma das pessoas pensarem. Vou vir sempre aqui, tá bem? Bjs.

    • Oi Sandra,

      Obrigada pela visita e pelo comentário, você é sempre bem-vinda! Quanto às pessoas, é difícil falar. Acho que eles são bem abertos em alguns aspectos e fechados em outros, fazer amizade é um deles. Mesmo assim acho que eles não são nem tão frios quanto alguns vizinhos europeus, nem se equiparam aos brasileiros. Ja comentei com o meu marido que o nosso sistema de comunicação é mil anos luz à frente do deles hehe!

      Um abraço

  4. Olá Esse é o seu Blogg ?

    Interessante,não tive tempo de Ler Todas as postagens,Mais Prometo que Irei ler e Comentar Sobre Eles.

    Faz uma Visitinha lá no meu Blogg,estou esperando !

    Não tem muita coisa Interessante lá,Porque você já Sabe que eu Sou de Banda,hehe.

    Um Grande Abraço.

    Good Bay !

  5. kem me dera morar num país assim!!!

  6. Jordana

    vc possui facebook ? estou procurando saber mais sobre a dinamarca ,adorei tudo o que vocÊ escreveu sobre o país, visitei a Dinamarca, estive em København e adorei tudo…

  7. fabio eduardo

    adorei o blog muito obrigado ajudou muito na minha pesquisa escolar sem esse blog eu naum encontraria quase nada porq pesquisar por outro lugar o meio de trasporte estava muito confuço

    adorei muito grato

  8. Alonar Fillgueiras

    Olá menina gostei do seu Blog.

    Estou na Bahia fazendo um trabalho sobre o uso da bicicleta nas grandes cidades, e soube que aí na Dinamarca é a cidade da Bicicleta.
    Gostaria mendasse alguma informação.
    Abrigado
    Alonar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s